sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Acusado se entrega a polícia.



Se apresentou a polícia na tarde de ontem, Gean da Silva Piazzoli, de 23 anos, acusado de tentativa de homicídio contra o filho do presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Aniceto. O rapaz tem 33 anos e o caso aconteceu durante o primeiro dia deste ano. Conforme o delegado Luís Otávio Pohlmann, os dois se envolveram numa discussão durante a noite de réveillon, que acabou com o disparo dos tiros, próximo à beira-mar. A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional de Araranguá.

Na segunda-feira a polícia pediu a prisão preventiva de Gean, que desde então estava foragido. Na quarta-feira sua advogada procurou as autoridades policiais para relatar que seu cliente se entregaria na tarde de quinta-feira. Ele foi, mas não falou, se reservando o direito de permanecer calado. No final da tarde foi levado para o Presídio Regional de Araranguá.


O responsável pela delegacia de Balneário Gaivota, Jéferson Pacheco Sérgio, conta que os dois envolvidos na história moram no município e que o incidente ocorreu por volta das 5 horas do dia primeiro. Mas nem a dupla nem testemunhas informaram o que levou ao tiroteio afinal, e a arma do crime não foi entregue.
Gean já tinha passagens quando menor e trabalhava como pedreiro.


Fonte: Grupo Correio do Sul

Um comentário:

  1. Essa magrão ta ferrado, qdo a galera pega ele!!!

    ResponderExcluir